…Doc Alliance. Agradecemos a Macarena Aguiló pela autorização para a publicação do trecho do filme. *Bárbara Rangel é curadora assistente do Cinema do Instituto Moreira Salles. Mais: Cartas no cinema…

Reconhecido pela crítica como talento superior, o escritor mineiro retratou em seus livros a monotonia da vida rural de seu Estado. Iniciou a carreira literária incentivado pelo amigo Monteiro Lobato….

Monteiro Lobato casou-se com Maria Pureza da Natividade, que ele chamava de Purezinha, em 28 de março de 1908 e com ela teve quatro filhos: Marta, Edgar, Guilherme e Rute. Os dois filhos homens morreram ainda na juventude, como mostra esta carta escrita depois da morte do segundo.

São Paulo, 20 de fevereiro de 1943

Rangel, Pois é. Perdi o meu segundo filho, o Edgard, um menino de ouro, tal qual o Guilherme. Impossível filhos melhores que os meus, e talvez por isso foram chamados…

Diferentemente dos temas predominantemente literários de que se ocupou Monteiro Lobato na sua correspondência com o amigo Godofredo Rangel, nesta carta ele fala sobre a precariedade de sua saúde e de sua bem-humorada ideia da morte, que chegaria menos de duas semanas depois.

S.l., véspera de São João, [23 de junho de] 1948

Rangel, Chegou afinal o dia de te escrever, e vai a lápis, porque a pena me sai mal. Ainda estou com uma perturbação na vista. Uma perturbação que se vai…

Editado em livro em 1920, Vida ociosa, de Godofredo Rangel, teve uma versão anterior, ligeiramente diversa, publicada na Revista do Brasil, por sugestão de Monteiro Lobato que, nesta carta, revela total compreensão do estilo do amigo e do valor do livro.

Fazenda [São Paulo],[1] 6 de julho de 1917

Rangel, Retiro tudo quanto disse a propósito do teu estilo, em tantas cartas anteriores. Em vez de mudar alguma coisa, podar, concentrar, fazer, em suma, o que sugeri, não deves…