Desde abril de 1946, Clarice Lispector e o marido, Maury Gurgel Valente, moravam em Berna, Suíça, onde ele, como diplomata, assumira o cargo de segundo-secretário na embaixada do Brasil. A convite do casal de jornalistas Bluma e Samuel Wainer, os Gurgel Valente passaram o final desse ano em Paris, hóspedes dos amigos, que moravam na capital francesa. De lá, onde Clarice e o marido permaneceram até 4 de fevereiro, ela escreve às irmãs Elisa e Tania.

Paris, janeiro de 1947

…Me escrevam, me escrevam, Clarice mil vezes para vocês. Clarice Lispector. Correspondências. Rio de Janeiro: Rocco, 2002, pp. 115-116. [1] N.E.: Palavra ilegível. [2] N.S.: Yedda Schmidt, casada com o…

Por causa da guerra e do desejo de se casar com o diplomata brasileiro Maury Gurgel Valente, Clarice Lispector apressou-se em requerer a nacionalidade brasileira assim que completou os 21 anos necessários para esse pedido. A urgência fez com que escrevesse esta primeira carta ao então presidente Getúlio Vargas. No dia 12 de janeiro de 1943, Clarice se naturalizou brasileira. Onze dias depois, casou-se com Maury Gurgel Valente.

Rio de Janeiro, 3 de junho de 1942

…de fato. Creia-me, senhor presidente, ela alargará minha vida. E um dia saberei provar que não a usei inutilmente. Clarice Lispector Clarice Lispector. Correspondências. Rio de Janeiro: Rocco, pp. 33-34….

Perseguido pelo então presidente marechal Floriano Peixoto, que o considerava o mentor intelectual da Revolta da Armada, movimento de oposição ao governo desencadeado no Rio de Janeiro em setembro daquele ano, Rui Barbosa embarca clandestinamente no Madalena, navio que o levaria ao exílio em Buenos Aires. Com duas semanas de viagem, escreve esta carta à mulher, com quem estava casado havia sete anos.

Buenos Aires, bordo do Madalena, 19 de setembro [de 18]93

…quem não tenho tempo agora de escrever. Abraça-me com todos eles, com a tia Elisa,[6] Iaiá,[7] Ziu,[8] Carlito, Juca, o Palma,[9] o Amaral. E Joãozinho? Cobre-o de beijos. Fala-lhe sempre…

…na Ucrânia, Tania Lispector Kaufmann foi funcionária pública. Casou-se com William Kaufmann em 1938 e, em 1940, deu à luz Márcia Algranti, que seria a única sobrinha de Clarice Lispector….

No arquivo de Clarice Lispector sob a guarda do Instituto Moreira Salles encontra-se este fragmento de uma das primeiras cartas trocadas entre ela, que passava férias em Maricá (RJ), e Maury Gurgel Valente, seu futuro marido. Esta carta causará forte impressão em Maury, como se pode ler na resposta dele enviada em 9 de janeiro de 1941.

[Maricá, janeiro de 1941]

…Clarice P.S.: Nunca vi uma alma tão feia quanto a minha letra. Arquivo Clarice Lispector / Acervo IMS. Esta carta foi publicada em Correspondências. Rio de Janeiro: Rocco, 2002, p….