Procurar
Euclides da Cunha, c. 1905. Foto de George Huebner. The Catholic University of America, Oliveira Lima Library, Washington-DC, EUA.

Euclides da Cunha

Amizade Brasil Injustiça

Escritor fluminense, é autor do clássico Os sertões (1902), sobre a guerra de Canudos, no norte da Bahia. Obra-prima de vigorosa força dramática, que revela o interior do Brasil até então suplantado pelo glamour da região litorânea, foi definida pelo escritor português Jorge de Sena como “epopeia moderna em prosa”. Dedicou-se à engenharia militar e, em 1903, foi eleito para o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e para a Academia Brasileira de Letras, onde tomou posse em 1906. Dois anos antes, assumiu a chefia da Comissão Brasileira de Reconhecimento do Alto Purus, encarregada de fixar os limites entre Brasil e Peru. Autor de Contrastes e confrontos (1907) e À margem da História (1909), publicada postumamente.

Cartas enviadas

Cartas recebidas