Um dos principais nomes da cena cultural brasileira, o carioca Hermínio Bello de Carvalho tem em sua biografia parcerias com Clementina de Jesus, Paulinho da Viola, Nelson Sargento, Cartola e Carlos Cachaça. À frente da Funarte nos anos 1970 e 1980, implantou o Projeto Pixinguinha e o programa Lúcio Rangel de monografias. Como poeta, publicou Chove azul em teus cabelos, Ária e percussão, e Poemas do amor maldito. Atuou como jornalista na Revista da Música Popular e em O Pasquim.